fbpx
(31) 9 8720 -3111 [email protected]

O café é uma das bebidas mais consumidas no mundo, por isso seu plantio é uma excelente fonte de rendimento. Quer saber mais como cultivar café de forma correta?
Confira!

 

café

 

A cultura do café foi introduzida no Brasil no início do século XVIII. Inicialmente cultivada no Pará, a planta logo se espalhou para as demais regiões do país e começou a ganhar grande destaque na economia brasileira a partir de 1825.

Hoje, a plantação de café representa uma enorme importância para o agronegócio brasileiro e está à frente das grandes exportações do país.

O Brasil é o maior produtor e exportador de café, e o segundo maior consumidor, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Em Minas Gerais, o café é o principal produto da pauta de exportações do agronegócio, além de apresentar uma qualidade bastante elevada do produto final.

 

Pós-Graduação em Gestão e Economia do Agronegócio

 

 

Variedades do café

Primeiramente, vale citar que o café é uma planta exótica que engloba diversas espécies, das quais apenas duas são cultivadas e comercializadas:

⦁ Coffea arábica; e
⦁ Coffea canephora, conhecido como Robusta (no Brasil, Conilon).

Porém, dentro das espécies Arábica e Conilon, há diversos cultivares, que são, na sua maioria, desenvolvidas por meio de melhoramentos genéticos. Entre as variedades mais comuns no Brasil são:

 

Robusta

Aspecto rústico e de sabor acentuado, com grande resistência às doenças e tempo de maturação maior que a Arábica.

 

Arábica

Variedade mais produzida e consumida do mundo, possuindo sabor puro e suave. É naturalmente mais adocicado e um pouco ácido.

 

 

Importância do planejamento no plantio

Assim como outras culturas, a plantação de café exige planejamento prévio e conhecimento de suas técnicas de manejo para garantir produtividade elevada aliada à qualidade dos grãos.

O plantio de café envolve uma série de aspectos, no qual pequenos detalhes assumem importância decisiva.

 

Plantio de café: Planejamento

 

planejamento do plantio

(Fonte: Vera Caser, 2021)

 

Na maioria dos casos, as falhas cometidas refletirão por toda a vida útil da cultura, influenciando a sua longevidade, a qualidade do produto, a produtividade da lavoura, os custos de produção e, por consequência, a rentabilidade da atividade.

Acompanhe abaixo nosso passo a passo de como começar uma plantação de café e alcançar o sucesso na colheita.

 

1º Passo: Escolha da Área

O primeiro passo para começar a sua plantação de café é escolher um local adequado para a plantação de café. Levando isso em consideração, procure evitar terrenos que estejam voltados para faces propícias à ação de ventos fortes e frios, pois esta característica é altamente prejudicial às plantas.

 

escolha da área
(Fonte: Exame,2020)

 

O local não deve ter recebido o cultivo de cafezais dentro de um período de 5 anos, pois essa condição favorece o aparecimento de moléstias e pragas.

A plantação de café se desenvolve mais facilmente em lugares que apresentam uma topografia plana, pois, caso seja íngreme, pode tornar os processos de semeadura e colheita mais trabalhosos.

 

2º Passo: Faça a análise e correção do solo

É recomendado consertar a erosão do solo, para isso, passe um trator esteira, que é capaz de igualar o terreno, acabando com os buracos e tornando-o plano. Isso irá permitir que a semeadura seja realizada mais rapidamente, além da colheita, é claro.

Cada lavoura precisa de uma quantidade de nutrientes para ter o melhor rendimento. Para isso, é preciso uma boa análise de solo

E, com os resultados dessa análise, você consegue fazer a correção do solo, repondo o que falta de nutriente para o plantio de café.

 

Solos no Brasil

 

3º Passo: Defina a variedade que será plantada

O solo está impecável para receber o novo cultivo? Pois bem, agora é o momento de selecionar a diversidade de café que será plantado.

escolha da variedade

Na escolha do tipo de café, deve-se ter em mente o manejo, pois cultivares mais vigorosas e produtivas são mais exigentes em fertilidade e podas. E cultivares suscetíveis a doenças/pragas precisam de maiores cuidados fitossanitários.

 

4º Passo: Semeadura do café

Após escolher as sementes é preciso fazer a semeadura do café. Nesta fase, comece abrindo as covas com aproximadamente 30 cm de profundidade e 25 cm de largura.

Cada buraco deve ter um espaçamento de 80 cm, que é o suficiente para que um arbusto não interfira no crescimento do outro.

O ideal é colocar entre 2 e 3 sementes dentro de cada cova, posteriormente, cubra-as com 2 camadas de terra. Termine o processo de semeadura irrigando os canteiros para acelerar a germinação da planta.

 

5º Passo: Irrigação

O café não exige muitas regas e não suporta solos encharcados. Por isso, a irrigação deve ser realizada pelo menos uma vez por semana.

A inspeção frequente da plantação de café é essencial para garantir uma boa colheita. Além disso, o apoio de especialistas ajuda na boa manutenção da lavoura, sobretudo se a área plantada é extensa.

 

6º Passo: Oriente o plantio de acordo com a exposição ao sol

A exposição ao sol também influencia muito o plantio de café. A insolação excessiva, especialmente em altitude menor, pode ser danosa ao cafeeiro. Nesse caso, recomenda-se planejar a arborização como forma de amenizar tal efeito.

 

7º Passo: Pesquise o controle de pragas e doenças

Algumas pragas do cafeeiro já são históricas no Brasil, como o bicho-mineiro e a broca-do-café. Além de outros insetos, fungos e ácaros. Ou seja, o monitoramento de agressores é essencial.

 

8º Passo: Colheita do café

Os cafeeiros ficam prontos para a colheita quando apresentam grãos de tamanho médio, sendo que a plantação deve estar com 20% com coloração verde. Este processo pode ser feito totalmente manualmente ou de forma mecânica.

 

colheita do café

 

O café tem que ser desprendidos dos galhos, retirando todos os fiapos. Também, é necessário tomar cuidado ao manusear os grãos para evitar que eles fiquem machucados, perdendo o sabor e ficando inutilizáveis para o consumo.

 

Conclusão

Que tal começar a sua plantação de café agora mesmo? De fato, iniciar uma plantação de café demanda muitos cuidados e atenção dos produtores.

Então, esteja disposto a fazer um bom investimento para conseguir bons ganhos futuros. Em caso de dúvidas durante o processo, busque cursos e especializações que te ajudem durante esse processo.

Gostou de saber mais sobre o assunto?  Deixe seu comentário e acompanhe nosso blog e fique por dentro dos próximos artigo sobre o tema!

 

Pós-Graduação em Gestão e Economia do Agronegócio

Michelly Moraes