(31) 9 8720 -3111 contato@agropos.com.br

A princípio, pode parecer uma prática complicada de se fazer, especialmente quando é a primeira vez que se realiza na propriedade.

Desse modo, apresentarei como você pode começar a utilização da adubação verde em sua lavoura sem grandes complicações.

 

Adubação verde: conheça como melhorar a fertilidade do solo

O que é adubação verde?

A adubação do solo pode ser aprimorada com a utilização da adubação verde, quer ver como?

Primeiramente, vamos para a definição, adubação verde é uma técnica agrícola que promove a reciclagem de nutrientes do solo por meio do plantio de determinadas espécies de plantas, preferencialmente espécies que pertencem à família das leguminosas e gramíneas, a fim de tornar o solo mais fértil.

Bem como, visa recuperar solos degradados, melhorar solos pobres e conservar os que já são apresentam boa produtividade.

Essa técnica pode ser utilizada na agricultura em geral.

A adubação verde e a fertilidade do solo

A adubação verde melhora a fertilidade do solo, porque mobiliza os nutrientes das camadas mais profundas, os deixando disponíveis para o próximo cultivo da cultura de interesse econômico.

Desse modo, os adubos verdes, ao absorverem os nutrientes do solo, contribuem para a redução das perdas por lixiviação.

Da mesma forma, o uso dessa adubação é uma forma viável de amenizar os impactos da agricultura, trazendo maior fertilidade aos solos agrícolas e sustentabilidade ao sistema de produção.

Vejamos a seguir, as vantagens da utilização de adubos verdes e de como seus efeitos podem refletir positivamente na fertilidade do solo.

http://materiais.agropos.com.br/webinar-recuperacao-de-areas-degradadas

Vantagens da adubação verde

Com efeito, a adubação verde possui muitas vantagens nos sistemas agrícolas, como, evita o desenvolvimento indesejado de ervas daninhas e diminui as perdas de água no solo.

Logo, a necessidade de se investir em adubos químicos, controle de plantas daninhas e o uso de manejo para descompactar o solo é reduzido consideravelmente.

Conheça as principais vantagens da adubação verde:

  • Aumento do teor de matéria orgânica;
  • Maior disponibilidade de nutrientes;
  • Maior capacidade de troca de cátions efetiva do solo;
  • O favorecimento da produção de ácidos orgânicos, de fundamental importância para a solubilização de minerais;
  • Descompactação do solo;
  • Diminuição dos teores de Al, com isso, aumento na absorção de fósforo nos solos;
  • Incremento da capacidade de ciclagem e mobilização de nutrientes lixiviados ou pouco solúveis que estejam nas camadas mais profundas do perfil do solo;
  • Redução de pragas e doenças;
  • Combate de nematoides;
  • Aumento da microbiota benéfica dos solos;
  • Controle das plantas daninhas.

Vejamos a seguir como a adubação age no solo.

https://materiais.agropos.com.br/checklist-software-agricola

Mas como a adubação verde age no solo?

O processo de nutrição do solo por meio desta técnica, age como um arado biológico, uma vez que, com suas raízes criam galerias e macroporos, após sua decomposição.

Essas galerias favorecem o crescimento de microorganismos nas camadas mais profundas, rompendo as barreiras físicas do solo.

Algumas espécies de adubos verdes, possuem relação biótica ou associativa com os microorganismos benéficos do solo.

Um exemplo, é a adubação verde à partir de plantas leguminosas. Essas plantas favorecem a absorção de nitrogênio do solo, com auxílio das bactérias (rizóbio) alojadas em suas raízes.

Essas bactérias são especializadas em metabolizar o nitrogênio no solo, ou seja, elas têm a capacidade de absorver o nitrogênio presente na atmosfera e fixá-las no solo.

https://materiais.agropos.com.br/pos-graduacao-gestao-ambiental

 

Dentro das plantas utilizadas para adubação verde, está presente também, as gramíneas, elas possuem alto poder de associação com fungos presentes no solo, formando as micorrizas.

Desse modo, com as hifas formadas à partir dessa associação, aumenta o sistema radicular da planta e consequentemente, o seu aumento da absorção de nutrientes e água do solo.

 

adubação verde no solo

Escolha da adubação verde

Na escolha do adubo verde, é preciso estar atento quanto as condições que interferem diferentemente sobre o rendimento das espécies.

Estas é uma das razões por que há diferenças entre o comportamento das espécies para adubação, quando plantadas em diferentes locais.

Umas dessas condições, seria a do solo. A baixa fertilidade, por exemplo, é um diferencial na produtividade.

Desse modo, a escolha pode se dar devido à maior habilidade da espécie em capturar nutrientes que estejam numa condição menos disponível às plantas.

https://agropos.com.br/metodologia/

 

Em razão disso, o conhecimento sobre o comportamento dessas espécies deve ser regionalizado.

Isso para que seja feito a escolha com maior potencial de produção de biomassa, de reciclagem de nutrientes e que melhor se ajuste ao sistema agrícola adotado na produção de culturas comerciais.

Além disso, ainda deve ser considerada a taxa de decomposição do adubo verde, que irá regular a intensidade da liberação dos nutrientes imobilizados na biomassa e que serão absorvidos, na sequência, pela cultura já em crescimento ou cultivada na sucessão.

Adubação Verde: Crotalária

                                                                                                                                                                                          Foto: Canal do Horticultor

Quais espécies utilizar para a adubação ?

Como visto acima, a escolha do adubo verde deve levar em conta alguns fatores, como a possibilidade de acréscimo de nitrogênio proveniente da fixação biológica nas leguminosas, bem como, a capacidade de fornecimento de biomassa.

As principais especies para adubação verde são:

  1. Crotalária (Crotalaria juncea)
  2. Guandu (CajanusCajan)
  3. Girassol (Helianthus Annuus)
  4. Feijão de Porco (Canavalia ensiformis)
  5. Macuna Anã (Macuna deeringiana)
  6. Macuna preta (Macuna aterrima)

Espécies para adubação verde

Foto: RPAnews

Como plantar os adubos verdes

Há duas formas de se plantar os adubos verdes, que seria por meio do plantio consorciado, juntamente com a cultura de interesse ou o plantio no local, que seria antes da implantação da lavoura.

A adubação verde pode ser realizada com a deposição sobre o solo do material do adubo verde podado (mulch), bem como, o adubo verde pode ser incorporado ao solo.

A escolha da forma da inserção do adubação verde, pode influenciar na temperatura do solo e a melhor retenção da sua umidade com a cobertura, como também a proteção do solo e economia de trabalho.

A decomposição vai variar quanto o tamanho dos fragmentos dessas plantas, quando picadas no manejo ou quanto sua incorporação do solos.

plantio de adubos verde

                                                                                                                                                                                             Foto: Learner

Custo da implantação

Embora toda atividade agrícola exija um custo para implantação e condução, no cultivo de adubos verdes esse custo é relativamente baixo e promove aumentos significativos na produção agrícola.

O investimento nessa atividade pode ser facilmente diluído no seu sistema de produção, se analisado os inúmeros benefícios que esta prática pode trazer para sua lavoura a longo prazo.

Porém, primeiro passo é o bom planejamento, você deve levar em conta todos os seus gastos com a adubação verde.

Para chegar em uma conta redonda dos custos com a implantação da adubação verde, você terá que pôr na ponta do lápis, as despesas com:

  • Preparo do solo;
  • Aquisição de sementes ou mudas;
  • Compra de insumos;
  • Maquinário;
  • Plantio e condução da adubação verde;
  • Incorporação ou depósito do adubo verde no solo.

Por fim, depois de tudo quantificado é hora de verificar se é viável economicamente a prática da adubação verde em sua propriedade.

Lembrando sempre que para alcançar as vantagens oferecidas pelas adubação verde, é necessário um bom planejamento.

https://agropos.com.br/pos-graduacao-solos-e-nutricao-de-plantas/

Prática da adubação verde x Sustentabilidade

A prática da adubação verde possibilita a recuperação, manutenção e melhoria dos atributos físicos, químicos e biológicos do solo, trazendo produtividade e redução de custos com adubação química e controle de plantas daninhas.

Nesse artigo foi apresentado como a adoção da adubação verde pode colaborar com os sistemas produtivos aumentando a sustentabilidade do agronegócio brasileiro.

Contudo, espero ter contribuído com uma prática consciente de cultivo, através da adubação verde. Com características que promovem a reciclagem, recuperação, proteção, melhoramento da fertilidade do solo.

Escrito por Juliana Martins.

Juliana Medina
ligamos para você AgroPós