fbpx
(31) 9 8720 -3111 [email protected]

É de extrema importância que o agricultor entenda melhor sobre o processo de colheita do milho e como obter uma safra de sucesso, afinal o milho é o cereal de maior volume de produção no mundo. Neste artigo vamos falar tudo sobre esse assunto, não fique de fora.

Venha comigo!

 

Colheita do Milho

 

O que é o milho?

O milho é uma gramínea pertencente à família Poaceae, e sua espécie é a Zea mays L. Esse cereal é a base energética da alimentação de aves, suínos e bovinos, além de ser destinado à alimentação humana.

Tendo um papel fundamental para a nossa rotação de culturas, pois produz uma grande quantidade de palha que auxilia na proteção do solo, na reciclagem de nutrientes e no incremento de matéria orgânica no solo.

No Brasil, a produção de milho atingiu 100 milhões de toneladas em 2019. Segundo pesquisa do Cepea, o mercado brasileiro de milho produziu e exportou volumes recordes no último ano

No processo de produção de milho, a colheita caracteriza-se como uma fase muito importante, uma vez que é durante a sua execução, se bem realizada dentro de alguns princípios e critérios, que se define menos perdas e maiores ganhos.

 

Pós-graduacao Solos e Nutrição de Plantas.

 

Importância da cultura de milho

O milho é a segunda maior cultura de importância na produção agrícola no Brasil, sendo superado apenas pela soja que lidera a produção de grãos no país.

A econômica da cultura de milho é caracterizada pelas diversas formas de sua utilização, que vai desde a alimentação humana e animal, até a indústria de alta tecnologia

No Brasil o 84% do milho é utilizado na alimentação animal, principalmente avicultura e suinocultura, e 11% é consumido pela indústria, para diversos fins. Seu uso industrial não se restringe a alimentos.

Além de seu alto prestígio no agronegócio, o milho também é uma das culturas mais cultivadas pela agricultura familiar brasileira, tanto para a subsistência quanto para a venda local.

 

A colheita do milho

O aumento da produtividade, necessariamente há que se aprimorar o processo de colheita do milho e as condições de armazenagem de grãos.

Uma característica positiva dos grãos é a possibilidade de serem armazenados por longo período de tempo, sem perdas significativas da qualidade.

O agricultor deve integrar a colheita ao sistema de produção e planejar todas as fases, para que o grão colhido apresente bom padrão de qualidade. Nesse sentido, várias etapas como;

Planejamento da Colheita

Dentre as etapas de cultivo de grãos, muitos processos são importantes e influência no planejamento, como:

  • Escolha da área de plantio;
  • Época de plantio e colheita;
  • A necessidade de cada cultura.

Ou seja, sem realizar um bom plantio, as perdas podem gerar um atraso econômico em sua lavoura e se estender até a época da colheita.

 

Manejo Integrado de Plantas Daninhas

 

Época da colheita do milho

A colheita de milho pode ser iniciada quando o grão se encontra maduro fisiologicamente.

Essa maturação é definida quando as sementes atingem a máxima matéria seca, que geralmente coincide com a máxima germinação e o máximo vigor na maioria das espécies.

E ainda, uma lavoura de milho é considerada fisiologicamente madura quando as plantas estão totalmente secas, os grãos apresentam umidade na faixa de 30% a 35% e conta com a identificação de uma camada preta na região da extremidade anterior do grão.

 

Escolha o tipo de colheita do milho

Outro fator que influenciará o seu planejamento de colheita será o tipo de colheita ideal para o seu terreno e sistema de plantio. Sendo elas;

Colheita Manual

 A Colheita manual também pode ser executada por um outro processo denominado de “colheita direta”, que é mais rápido e não apresenta os inconvenientes que acabamos de descrever acima.

 

Colheita de Milho Manual

(Fonte: The Sprunce, 2020)

 

Os colhedores nesse caso conforme vão colhendo as espigas, atiram-nas em uma carroça ou carreta que os acompanha na mesma marcha que se desenvolve a colheita.

Esse processo é mais racional, evitando a exposição das espigas à umidade e pragas, e o milho pode facilmente ser transportado a locais abrigados, sem ter necessidade de ficar amontoado na roça.

 

Colheita Mecanizada

A colheita mecanizada é executada por colhedeiras e seu emprego somente se justifica em áreas, acima de 50 ha.

A colheita mecanizada possui um elevado desempenho operacional. Tanto é, que no caso de colheita direta, o método mais empregado em nossa agricultura, a partir de uma única operação são realizados o corte e a trilha do material.

 

Colheita do Milho Mecanizada

(Fonte: Agro Advisor. 2019)

 

A colheita mecanizada tende a expandir-se rapidamente, não só pelas facilidades de financiamento, mas também pela aquisição por cooperativas e alocadas a seus associados, pequenos agricultores que não tem condições de adquiri-las.

 

Regulagem correta dos equipamentos

Revise as máquinas que serão utilizadas na colheita como colhedoras, bazucas, tratores e caminhões. Evitando, assim, surpresas desagradáveis

A regulagem do espaçamento do cilindro e do côncavo, bem como a velocidade de rotação do cilindro, pode variar de acordo com a umidade presente nos grãos.

Para a cultura do milho, o cilindro adequado é o de barras. A distância entre este cilindro e o côncavo varia de lavoura para lavoura, com base no diâmetro das espigas.

A distância entre eles deve ser calculada de modo que a espiga seja debulhada sem ser quebrada. O sabugo deve sair inteiro.

Quanto ao teor de umidade dos grãos, sua relação com a rotação do cilindro batedor é diretamente proporcional. Ou seja, quanto mais umidade presente nos grãos, maior terá de ser a velocidade de rotação do cilindro.

 

Checklist de Softwares Agrícolas

 

Secagem e armazenamento

O processo correto de secagem e armazenamento de grãos é fundamental para manter a boa qualidade alcançada na colheita.

Isso minimiza riscos na venda do produto enquanto condições impróprias podem comprometer os ganhos da safra inteira.

 

Secagem

Secagem é a operação que tem por finalidade reduzir o teor de umidade do produto a nível adequado à sua estocagem por um período prolongado, mantendo ao máximo a sua qualidade

A operação correta dos secadores permite economizar tempo, mão de obra, combustível, e reduzir os riscos de incêndios. A umidade do produto após secagem deve ser de acordo com os valores recomendados para armazenagem.

 

Processo de Secagem do Milho

Processo de Secagem do Milho

(Fonte: Só Notícias, 2018)

 

Para secar os grãos de maneira correta, é necessário fazer antes uma pré-limpeza do produto, objetivando retirar o excesso de impurezas e matérias estranhas do produto.

Essa operação é importante porque as eliminações desses materiais vão permitir obter um maior rendimento do secador, maior economia de combustível e menores riscos de incêndios.

 

Nutrição Mineral de Plantas: Macronutrientes

 

Armazenamento

É importante destacar que os principais problemas para o armazenamento dos grãos são o ataque de pragas e doenças e a umidade do grão.

Para evitá-las, existem diversas formas de armazenamento do milho e o que vai determinar a escolha do método é o nível tecnológico, a disponibilidade de recursos e o volume a ser armazenado.

É importante ressaltar que a armazenagem interfere na qualidade do produto. No caso das pequenas propriedades, tradicionalmente, o milho é guardado como espiga ou em paiol, mas tais práticas por elas mesmas não são garantias de que o milho não sofrerá danos.

 

Armazenamento de espigas

Um método simples e que exige baixo investimento, mas também tem vantagens e desvantagens.

Esse método é mais dependente da cultivar utilizada para a manutenção da qualidade do produto, o melhor empalhamento das espigas favorece a boa conservação, desfavorecendo o ataque de pragas. Mas, mesmo assim, uma desvantagem é que ocorrem grandes perdas.

 

Armazenamento a granel

Neste caso, o milho vai para o depósito depois do processo de debulha. Nem a palha nem o sabugo são armazenados. Já que dessa forma os grãos ocupam menor espaço, ela é recomendada para produções em grande quantidade.

Para isso, mesmo as pequenas propriedades costumam usar máquinas que colhem e debulham simultaneamente.

Nesse método, os grãos são guardados em sacos e os locais designados para a conservação deles podem ser tanto os paióis quanto os silos e armazéns.

Conclusão

Como vimos acima o milho tem um papel fundamental na agricultura e cada tópico acima é preciso ser levado em consideração.

Para ter sucesso em sua safra é preciso realizar o planejamento de colheita do milho, todo o processo precisa ser previamente definido e estudado de acordo com a extensão e condição da área plantada. Em caso de dúvidas o ideal é consultar um especialista na área.

Se você gostou desse conteúdo e te ajudou e esclareceu suas dúvidas. Comente e compartilhe em suas redes sociais!

 

Pós-graduação em Solos e Nutrição de Plantas

Michelly Moraes