fbpx
(31) 9 8720 -3111 [email protected]

Preparar bem a plantadeira antes de colocar no campo e seguir as recomendações das fabricantes pode garantir uma safra com alto potencial produtivo. Neste post preparamos dicas importantes de regulagem, não fique de fora.

Venha Comigo!

 

Plantadeira

 

Sem dúvida, a cada dia que passa a indústria de máquinas agrícolas apresenta novidades em equipamentos. De fato, esse mercado movimenta o país e vem crescendo através de maquinários com muita tecnologia, inovação e funcionalidade.

Hoje, existe uma infinidade de equipamentos no mercado, como a máquina plantadeira, por exemplo, que reduz significativamente os esforços humanos e o tempo do plantio, oferece mais agilidade e produtividade na semeadura.

É importante ressaltar que para que o maquinário tenha eficiência na busca do sucesso no processo de semeadura é preciso se atentar na regulagem da plantadeira, Com isso preparamos esse artigo para te ajudar.

 

Pós-Graduação em Gestão e Economia do Agronegócio

 

A eficiência da Plantadeira

Primeiramente, ao falar sobre a máquina plantadeira é preciso esclarecer a sua função. O equipamento, que é sempre lembrado por sua eficiência é feito para o plantio.

Dessa forma, a máquina dosa ou distribui partes vegetativas, de culturas como batata, cana de açúcar e mandioca no solo. Através dela é possível definir de maneira antecipada as condições de alinhamento e espaçamento entre as mudas.

 

Plantadeira de Milho

 

Assim, o terreno plantado tem maior aproveitamento e menos desperdício de espaço. Por isso, é correto dizer que este equipamento consegue padronizar e melhorar a organização das plantações, como café e eucalipto, por exemplo.

 

Principais Funções da Plantadeira

Como o nome mesmo indica, uma plantadeira é um equipamento agrícola para auxílio na hora da semeadura de uma lavoura. Veja abaixo alguns funções:

  • Armazenamento de sementes;
  • Liberação controlada das sementes;
  • Deixar o solo ao redor das sementes mais denso;
  • Distribuição correta da semente no terreno;
  • Cobertura das sementes.

Além das características citadas, as plantadeiras podem ser divididas em relação a distribuição de sementes. A divisão pode ser aérea, terrestre ou por linhas.

No caso de linhas, existem dois estilos de máquina. A primeira trabalha com o fluxo contínuo, sem precisão entre sementes e conhecida por semeadeira. Já a segunda, de precisão, conhecida convencionalmente por plantadeira, atua com as sementes dosadas uma a uma.

 

Checklist agrícola

 

Qual a diferença entre plantadeira e semeadeira?

“Semeadeira” e “plantadeira” são termos populares utilizados para diferenciar dois tipos de máquinas agrícolas.

Houve então uma necessidade de padronizar os termos usados para designar máquinas agrícolas e em 2011 surgiu um fórum de discussão da área de Máquinas e Mecanização Agrícola, com o tema “Terminologia de Máquinas Agrícolas” inserido na programação do Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola – CONBEA, organizado pela Associação Brasileira de Engenharia Agrícola. – SBEA.

A partir dessa discussão, foi criado um documento com termos associados ao campo de conhecimento em máquinas agrícolas, para ser utilizado como padronização para a área, principalmente em documentos e publicações técnico-científicas.

Portanto, dividiu-se em 3 categorias de acordo com sua função:

 

Semeadora

Máquina agrícola que, quando acoplado a um trator agrícola, pode realizar a operação de semeadura, ou seja, introdução no solo de sementes pequenas. Ex: feijão, soja, milho, sorgo, trigo, aveia, etc.

 

plantadeira - Semeadora Agricola

(Fonte: Cultivar, 2015)

Os termos “semeadeira” e “plantadeira”, se tratam da mesma máquina: a semeadora, pois, ambas distribuem sementes. Resumindo, temos: “semeadeiras” igual à semeadoras de fluxo contínuo e “plantadeiras” igual à semeadoras de precisão.

 

Plantadora

Máquina agrícola que, quando acoplada a um trator agrícola, pode realizar a operação de plantio de culturas ou sementes graúdas, ou seja, introdução no solo de partes vegetativas de plantas, como toletes, manivas e tubérculos. Ex: cana-de-açúcar, mandioca, batata.

 

Transplantadora

Máquina agrícola que, quando acoplada a um trator agrícola, pode realizar a operação de transplantio, ou seja, introdução no solo de plantas no estágio inicial (mudas). Ex: café, eucalipto e outras que utilizam mudas.

 

plantadeira - Transplantadora Agrícola

(Fonte: Canal Online, 2021).

 

Em resumo, quando a máquina é responsável por introduzir sementes no solo, chama-se semeadora. Já plantadora é o nome dado à máquina que dose ou distribui partes vegetativas, de culturas como batata, cana-de-açúcar e mandioca.

Como escolher a máquina plantadeira?

Cada máquina agrícola possui suas peculiaridades e formas de utilização. Por isso, a escolha deve levar alguns fatores em consideração.

Tamanho da propriedade, velocidades desejadas, gastos de combustível dos equipamentos e facilidade de operação são questões que devem ser levadas em conta na hora de adquirir um equipamento desse porte.

Sem dúvida, a escolha do maquinário agrícola correto pode significar mais qualidade e produtividade para a colheita.

 

Cultura do Feijão: importância, tipos, fenologia e seus principais manejos.

 

Veja dicas para regular sua plantadeira:

Para ajudar o agricultor, separamos algumas dicas para mostrar ao agricultor os cuidados necessários com as plantadeiras antes e depois da semeadura. A revisão do equipamento é indicada para verificar se existem peças desgastadas ou danificadas. Veja a seguir:

 

1º Dica – Discos de corte

Primeiramente, é preciso verificar a capacidade de corte do disco da frente certifique que esteja bem amolado e sem amassados para garantir que a palhada seja cortada corretamente.

O ajuste da pressão do disco sobre a palha é de fundamental importância – o corte ideal é de 5 – 6 cm. A regulagem é feita apertando a mola para pressionar o disco sobre o solo.

 

2º Dica – Ajuste da adubação

Um dos cuidados iniciais é não deixar adubo no reservatório de uma safra para outra. E claro, lavar bem os reservatórios e dosadores antes de guardar a plantadeira.

No fundo do depósito de adubo, há uma rosca sem fim. Esta lança o adubo dentro de um tubo que segue para os dois discos sulcadores – a quantidade de adubo depende da análise do solo.

Para regular, é preciso que a máquina faça a distribuição da análise do solo (em gramas por metro) – realizada em uma caixa de transmissão da plantadeira (aumento ou redução da quantidade de adubo pretendida).

 

3º Dica – Ajuste da distribuição das sementes

As sementes são armazenadas em um depósito maior na plantadeira. Por pressão (máquina pneumática), elas são lançadas em um depósito menor por vácuo, as sementes são distribuídas para um condutor, que segue até o disco duplo da semente o ajuste deve buscar a regularidade de distribuição das sementes.

4º Dica – Pontos de graxa

Conhecidas como graxeiras, elas precisam receber lubrificação conforme indicação do manual do maquinário.

Cada plantadeira possui uma quantidade específica de pontos de graxa e uma periodicidade específica para ser seguida. “Seguir o recomendado pode ser a diferença entre um bom e eficiente plantio e um desgaste antecipado de peças”.

 

5º Dica – Calibragem de pneus

Este foi um dos pontos mais comentado por todos os especialistas. Quase sempre esquecida esta importante calibragem pode simplesmente inutilizar todos os acertos anteriores e gerar um caos no campo.

Todos os acionamentos das plantadeiras mecânicas são regulados a partir do pneu bem calibrado. Se eles estiverem murchos, a dosagem de adubo e sementes é alterada.

 

6º Dica – Retirada da pressão das linhas de corte e de sementes

Todas as máquinas possuem molas que geram pressão no corte e na linha de sementes, garantindo maior eficiência e precisão destes mecanismos.

Quando se termina o plantio o correto é retirar a pressão das molas, para evitar um desgaste desnecessário no sistema.

 

7º Dica – Limpeza das Correntes

Todas as plantadeiras usam muitas correntes nas engrenagens, roletes etc. E também precisam de um cuidado especial. A falta de cuidados acaba desgastando rapidamente estes mecanismos. O ideal é a retirada de todas as correntes, lavagem, e armazenamento em óleo diesel até o próximo uso.

 

Conclusão

Existem vários modelos de plantadeira, cada produtor deve avaliar a sua real necessidade e qual máquina irá atende-lo da melhor maneira possível.

Preparar bem a plantadeira antes de colocar no campo e seguir as recomendações das fabricantes e de extrema importância. Além das recomendações é preciso fazer a regulagem para garantir o sucesso.

A regulagem correta da plantadeira promove o sucesso do plantio e o aumento da produtividade da cultura. Por tais motivos, é de suma importância regular a máquina para que a distribuição das sementes no solo seja correta e uniforme.

 

Pós-Graduação em Gestão e Economia do Agronegócio

Michelly Moraes