fbpx
(31) 9 8720 -3111 [email protected]

O Brasil é o maior produtor de feijão comum (Phaseolus vulgaris) do mundo. Os estados do Paraná, Minas Gerais e Bahia são os principais produtores. E essa produção conta com uma grande diversidade de tipos de feijão cultivados no país. Ao todo temos 13 tipos de feijão cultivados no Brasil, veja:

  1. Feijão Carioca
  2. Feijão Preto
  3. Feijão Branco
  4. Feijão Fradinho
  5. Feijão Cavalo
  6. Feijão Rajado
  7. Feijão Jalo
  8. Feijão Rosinha
  9. Feijão Azuki ou Adzuki
  10. Feijão Bolinha ou Manteiga
  11. Feijão Roxinho
  12. Feijão Mulatinho
  13. Feijão Vermelho

Quer saber um pouco mais sobre quais são esses tipos de feijão que faz parte alimentação diária do brasileiro? Então vamos lá!

 

tipos de feijão

 

A dispersão das variedades de feijão pelo mundo

O feijão é uma importante leguminosa alimentícia para o consumo humano direto, com mais de 23 milhões de hectares cultivados em todo o mundo.

No mundo, há mais de 40 mil variedades de feijão, mas apenas pequena parte é comestível.

 

Pós-Graduação em Gestão e Economia do Agronegócio

 

O feijão é um alimento muito importante para a alimentação sadia, altamente proteica, onde, mais de 300 milhões de pessoas do mundo o tem como um dos principais alimentos diários.

Em muitas áreas, o consumo atinge 66 kg/pessoa/ano, sendo o segundo item mais importante no fornecimento de calorias totais diárias, somente superado pelos derivados de milho.

 

Quais as diferenças entre os tipos de feijão

Embora tenha aumentado o consumo de alimentos industrializados, o feijão com arroz de cada dia, ainda é prato principal nas refeições.

O feijão tem diversas variedades de cores, texturas, sabores e utilidades culinárias que, embora não sejam tão usuais, podem passar a integrar a sua alimentação tornando-a mais diversificada.

 

Cultura do Feijão: importância, tipos, fenologia e seus principais manejos.

 

Dessa forma, não existe a distinção de qual o melhor feijão para consumo e sim para que será utilizado e claro, como diz o ditado, “vai de acordo com o gosto do freguês!”

Vamos conhecer quais as diferenças entre os principais tipos de feijão produzidos no Brasil e utilizados para alimentação humana?

 

Tipos de feijão produzidos no Brasil

O Brasil produz em média 3 toneladas de feijão por ano, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Apesar dos diversos tipos encontrados no mercado, nem todos são consumidos em larga escala.

Isso acontece principalmente pelo desconhecimento das outras variedades do grão pela população.

Muitas vezes, com a baixa procura fica mais difícil encontrar os diferentes tipos de feijão nos mercados e quando estão disponíveis, apresentam preço mais elevado devido a lógica da oferta e demanda.

No entanto, esse quadro pode mudar com o aumento da busca por outros feijões, além do carioca, do vermelho e do feijão preto, que hoje ocupam grande destaque na preferência do brasileiro.

 

Fungos causadores de doenças em plantas.

 

Conheça os 13 principais tipos de feijão comercializados no Brasil

 

1 – Feijão Carioca

Também conhecido como carioquinha, é o mais consumido no Brasil, correspondendo a 85% das vendas.

O grão bege e com listras marrons se popularizou no país a partir da década de 70, se mantendo até hoje. A variedade apresenta sabor agradável e casca fina.

 

carioquinha

 

2 – Feijão Preto

Muito consumido no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul, o feijão preto é também apreciado em todo o país como ingrediente da feijoada e da culinária mexicana.

O grão é resistente a períodos de seca e a colheita costuma ser farta. Seu caldo pode ser preto ou de cor amarronzada.

 

feijão preto

 

3 – Feijão Branco

Com caldo ralo e casca fina, é usado em pratos como saladas, sopas e ensopados, além de ser servido com dobradinha.

Seu consumo é menos popular e por isso há menos plantações dessa variedade do grão, que é mais consumido em São Paulo e no Rio Grande do Sul.

 

feijão branco

 

4 – Feijão Fradinho

 Também é chamado de feijão de corda em algumas regiões, é utilizado para preparar saladas ou pratos especiais.

É um grão que não produz caldo e tem sabor frutado. Na Bahia, por exemplo, é utilizado no preparo do acarajé.

 

fradinho

Foto: Caldo Bom

 

4 – Feijão Cavalo

De tamanho grande e coloração marrom-avermelhada, o feijão cavalo não forma muito caldo e se mantém firme quando cozido.

Devido a essas características, ele vai muito bem quando utilizado no preparo de saladas.

Em algumas regiões no sul do país, o feijão cavalo é servido como acompanhamento em churrascos.

 

feijão cavalo

 

6 – Feijão Rajado

É um feijão em grão longo (long shape), de cor bege, com rajas rosadas ou vermelhas escuras.

Possui paladar levemente adocicado, também é conhecido em alguns países como feijão doce (Sugar Bean). Tem um grande mercado por todo mundo.

 

feijão rajado

 

7 – Feijão Jalo

Tem grãos alongados e é levemente adocicado, com massa consistente e caldo grosso. Pode ser usado para engrossar feijoadas, fazer tutu e no feijão tropeiro.

É pouco consumido no Brasil, mas costuma ser exportado para os países árabes.

 

feijão jalo

 

8 – Feijão Rosinha

Rosado e de caldo claro, o feijão rosinha já foi bastante consumido no Brasil antes da década de 70, mas perdeu espaço entre os agricultores por ser um grão bastante suscetível a pragas e doenças no campo.

Tem o sabor mais suave que o carioca e produz um caldo grosso.

 

feijão rosinha

 

9 – Feijão Azuki ou Adzuki

São menores do que os de variedades mais conhecidas, como o carioca.

Tem sabor adocicado e é bastante usado em sobremesas na culinária do Japão, de onde é originário. Ainda é pouco cultivado no Brasil.

 

Azuki ou Adzuki

 

10 – Feijão Bolinha ou Manteiga

Tem cor esverdeada e sabor agradável, mas deixou de ser consumido no Brasil por escassez de plantações e demanda por esse tipo de feijão.

O grão é bastante suscetível a pragas, e por isso sua produção ocorre em maior parte por encomenda.

 

feijão bolinha ou Manteiga

 

11 – Feijão Roxinho

De cor avermelhada, o feijão roxinho tem textura macia e dá bom caldo. É muito consumido em São Paulo e Minas Gerais.

 

feijão roxinho

 

12 – Feijão Mulatinho

O feijão mulatinho se parece com o feijão do tipo carioca, mas sem as listras.

É um feijão que, assim como o rosinha, teve seu consumo reduzido a partir da década de 70 no Brasil. Tem sabor suave e boa produção de caldo.

 

mulatinho

 

13 – Feijão Vermelho

O feijão vermelho é um dos tipos de feijão que é bastante consumido, não é raro encontrá-lo em pratos tipicamente brasileiros, como em sopas, o famoso feijão tropeiro e combinações com carnes, gerando bastante caldo.

 

feijão vermelho

Feijão no prato dos brasileiros

A maior parte dos brasileiros consomem feijão em, pelo menos, uma refeição diária.

Esse hábito é muito saudável, pois o feijão nutre e apresenta propriedades típicas de um alimento funcional.

O feijão apresenta alto valor nutricional em função da quantidade de carboidratos, proteína, fibra alimentar, minerais, vitaminas, lipídios, compostos fenólicos e oligossacarídeos que apresenta.

Não importa o tipo de feijão que é consumido ou a forma de preparo, o feijão sempre fará parte da alimentação em diversas partes do mundo e claro, principalmente aqui no Brasil.

Gostou desse tema? Temos outros artigos como esse em nosso blog, venha conferir!!

 

Pós-Graduação em Gestão e Economia do Agronegócio

Juliana Medina