(31) 9 8720 -3111 contato@agropos.com.br
Conheça os principais tipos de eucalipto!

Flores de Eucalyptus globulus

 

Você conhece s principais tipos de eucalipto? Hoje existem mais de 600 espécies de eucalipto plantadas ao redor do mundo e cada uma dessas espécies tem sua utilidade para finalidades diferentes. O nome comum eucalipto refere-se aos gêneros botânicos Eucalyptus e Corymbia, pertencentes à mesma família – Myrtaceae. Os eucaliptos são reconhecidos como algumas das árvores que mais crescem.

Embora alguns tipos de eucalipto sejam mais comuns, existem mais de 600 espécies, o que faz com que haja uma ampla dispersão mundial, crescendo satisfatoriamente em diferentes condições climáticas.

Essa árvore é cultivada para as mais diversas finalidades, como celulose e papel, lenha, carvão, cavacos para energia, aglomerado, serraria, óleos essenciais para indústrias farmacêuticas, mel, ornamentação e quebra-vento, entre outros.

 

História do eucalipto

 

O plantio do eucalipto em larga escala começou nas primeiras décadas do século XIX e, no século XX, o eucalipto passou a ser a espécie florestal mais plantada no mundo. Embora recomendassem o plantio generalizado em outras regiões, os próprios australianos não cultivaram suas árvores nativas com finalidade econômica durante a maior parte do dos séculos XIX e XX.

No século XIX, jardins botânicos e os departamentos de agricultura distribuíram sementes de eucalipto para agricultores que desejassem plantar em lotes privados na América do Norte, América do Sul, Australásia e África do Sul. Desta forma, espécies de eucalipto foram plantadas em quase todas as regiões do mundo.

No Brasil, a pesquisa sobre eucalipto se consolidou e expandiu a partir da década de 1960, sendo que em 1964 o Instituto Florestal de São Paulo estabeleceu um programa para seleção de árvores adaptadas e com crescimento superior.

 

https://materiais.agropos.com.br/doencas-bioticas-da-eucaliptocultura

 

Em 1973, um relatório da FAO indicava que a área plantada com eucalipto no Brasil era a maior do mundo, acima de 1 milhão de hectares, mais do que o dobro da área plantada na Índia, segunda colocada.

Assim, atualmente a área plantada com eucalipto no Brasil já supera 7 milhões de hectares. As principais espécies de eucalipto cultivadas no mundo são Eucalyptus grandis, E. urophylla, E. globulus, E. camaldulensis e E. tereticornis.

No Brasil, os híbridos de Eucalyptus urophylla x Eucalyptus grandis (“urograndis”) vem se destacando no cenário silvicultural desde a década de 1980. Isso se deve à excelente complementariedade dessas espécies e ao vigor híbrido tanto em aspectos produtivos, quanto na qualidade da matéria prima, principalmente para os setores de celulose e metalurgia.

 

 

Diferentes tipos para diferentes usos

 

Produção de papel: Quarenta por cento do eucalipto plantado destina-se à produção de celulose para a fabricação de papel. A fibra curta da celulose é utilizada para obtenção de guardanapos, material de escritório, papel higiênico, dentre outros.

Extração de óleos: Os óleos essenciais extraídos de plantas de eucalipto são utilizados como medicamento, ajudando no tratamento de doenças respiratórias como tosse, gripe, bronquite, asma, amigdalite, dentre outras. Estes óleos são também utilizados para dores musculares e articulares e picadas de inseto.

Madeira: A madeira é utilizada para a construção civil, fabricação de móveis e fabricação de embalagens.

Ornamental: Algumas espécies de eucalipto são utilizadas no paisagismo em praças e jardins de todo o mundo devido a sua beleza.

 

Óleo essencial de eucalipto

Óleo essencial de eucalipto

 

Existem tipos de eucalipto apropriados para os mais diversos usos. Vamos conhecer mais sobre eles? A partir de agora falaremos algumas espécies e suas principais características.

 

Eucalyptus grandis

 

Esta espécie de eucalipto é a base da indústria de papel e celulose no Brasil. É plantado principalmente na forma de híbridos com E. urophylla. Estes híbridos são clones que apresentam alta produtividade.

Esta espécie se adapta a solos arenosos, pobres e possui pouca exigência de água. Isso fez com que esteja distribuída em todas as regiões do país. Sua madeira apresenta densidade baixa a média, apta à produção de celulose. Na Austrália e Republica Sul Africana é utilizada como madeira de construção por ser leve e fácil de ser trabalhada.

 

https://materiais.agropos.com.br/videoaula-diagnose-fungos-prof-acelino

 

Eucalyptus cinerea

 

Alguns tipos de eucalipto são decorativas. O eucalipto prateado – Eucalyptus cinerea é amado pelos decoradores. No Brasil, ele também é conhecido como eucalipto argentino. Eles fornecem cores interessantes para arranjos de flores.

Essa espécie é de clima subtropical e cresce bem em temperaturas amenas. Sua reprodução é realizada por meio de sementes.

 

Eucalyptus cinerea

Eucalipto argentino

 

Eucalyptus deglupta (eucalipto arco-íris)

 

Chamado popularmente de eucalipto arco-íris, seu principal atrativo são as cores de seu tronco, com nuances de verde fluorescente, azul, roxo, laranja e tons de marrom.

Com sua casca lisa e brilhante e o seu colorido, o eucalipto arco-íris é indicado para a arborização urbana e paisagismo, na formação de alamedas e para ser usado em propriedades rurais.

 

http://materiais.agropos.com.br/problemas-solucoes-arborizacao-urbana-paisagismo

 

E. deglupta tem grande potencial para plantio em trópicos úmidos. As taxas de crescimento são excelentes em locais adequados, como a Papua Nova Guiné e Filipinas.

Nestes países, a madeira e a casca são boas fontes de fibra de celulose. Por ser uma espécie rústica e pioneira ela é utilizada com sucesso em áreas de reflorestamento com solos pobres, arenosos ou de recente atividade vulcânica.

Eucalyptus deglupta (eucalipto arco-íris)

Eucalipto arco-íris

 

Eucalyptus globulus

 

Eucalyptus globulus foi o primeiro dos eucaliptos a se tornar amplamente conhecido fora da Austrália e é também a espécie mais plantada neste país e em Portugal. Sua madeira é usada principalmente para madeira para celulose e lenha.

No Brasil, E. globulus é mais indicado para plantio em regiões de clima ameno, como nos estados da região Sul do país.

É o E. globulus que produz um dos óleos essenciais mais conhecidos. Na Europa essa árvore é conhecida como árvore da febre. Isso porque seu óleo essencial ajuda a combater a febre da malária, quando a causa da doença ainda não era conhecida pela eliminação do mosquito vetor e também por suas ações terapêuticas.

 

https://agropos.com.br/pos-graduacao-em-tecnologia-da-producao-de-celulose/

 

Corymbia citriodora (eucalipto cheiroso)

 

Embora conhecido popularmente como eucalipto citriodora ou eucalipto cheiroso, essa planta foi recentemente reclassificada dentro do gênero Corymbia e é uma das mais importantes espécies de eucalipto, sendo cultivada em todo o mundo.

No Brasil, os primeiros plantios foram realizados para produção de madeira e para produção de carvão vegetal. Com o passar dos anos, essa espécie começou a ser plantada também para a produção de madeira para serraria, energia e exploração de folhas para extração de óleo essencial

O óleo essencial do C. citriodora se distingue dos demais por apresentar um teor elevado de citronela. Isso lhe proporciona um aroma diferenciado. Esse óleo essencial, no entanto, não possui característica expectorante, mas é muito utilizado como repelente a insetos.

 

Conclusão

 

Os motivos que fazem como que o eucalipto seja a arvore mais plantada no Brasil são além da sua adaptação ao nosso clima, a sua versatilidade, existindo uma espécie apropriada para cada finalidade.

No Brasil, os tipos de eucalipto mais plantados são o E. grandis e E. urophylla, na maioria da área para produção de celulose.

O E. deglupta, conhecido como eucalipto arco-íris e o E. cinerea são utilizados para arborização urbana e decoração.

Quando o objetivo é a extração de óleos essenciais, a espécie mais cultivada é o E. globulus.

Por este motivo, é importante conhecer os diferentes tipos de eucalipto. Gostou de aprender um pouco mais? Acompanhe nosso blog e fique por dentro!

Escrito por Nilmara Caires.

 

Nilmara Caires
ligamos para você AgroPós