fbpx
(31) 9 8720 -3111 [email protected]

Há diversas formas de se controlar a invasão indesejada de insetos que podem causar danos na sua lavoura, uma delas é através de inseticidas naturais.

Eles são bem-vistos por serem menos danosos ao meio ambiente e podendo gerar um controle de pragas com uma maior harmonia e sustentabilidade.

Pois estes inseticidas naturais trata-se de substâncias desenvolvidas a partir de elementos naturais para matar insetos em geral.

Quer saber como fazer esse controle na sua lavoura?

Então, venha comigo!

 

Inseticida natural

 

O que é como e qual a importância do inseticida natural?

O inseticida natural é um produto agrícola feito na propriedade rural, fácil de ser feito, atóxico, líquido, protetor da planta contra doenças.

Uma vez que serve para proteger a planta ao ataque de insetos que podem causar doenças, além de alguns casos, nutrir a planta por ter nutrientes essenciais disponíveis.

Um dos interesses nesse tipo de controle de doença, é a contribuição para evitar a contaminação do produtor e do consumidor. Manter o equilíbrio da natureza, preservando a fauna e os mananciais.

Além de diminuir os gastos com a condução das culturas e atender a crescente procura por produtos sadios.

O produtor antes de fazer qualquer intervenção utilizando produto alternativo para o controle de praga ou doença, deve certificar se realmente o ataque é intenso e se justifica tal intervenção.

Lembrar sempre que os princípios básicos agricultura orgânica estabelecem que toda praga tem inimigos naturais. E que todas as plantas podem suportar um ataque de determinada praga e/ou doença.

Como exemplo, para controle de pulgão, são caldas feitas à base de fumo, cinzas de madeira e calda de sabão, para demonstrar que sempre se deve prezar por produtos naturais.

Mas no geral, os inseticidas naturais são usados para proteger plantações e combater pragas que atacam lavouras ou até mesmo hortas caseiras.

Sendo assim, podem ser utilizados no controle de diversas pragas como, larvas e borboletas, formigas, pulgões (citado acima), cochonilhas, lagartas, moscas e mosquitos.

 

avanços no manejo de praga

 

Benefícios do uso de inseticidas naturais

Os inseticidas naturais representam uma alternativa para produtores rurais que não querem utilizar agentes químicos em suas lavouras. E que estão atrás de uma solução útil contra o ataque de pragas.

Além disso, hoje estão ganhando destaque como uma opção viável para proteger as culturas contra o ataque de insetos.

Os inseticidas naturais são importantes não apenas para produtores orgânicos, eles vêm da época em que ainda não se utilizavam produtos químicos para controle de pragas.

São menos agressivos ao meio ambiente e ao ser humano, sendo inúmeros os benefícios de se usar os inseticidas naturais, podemos citar:

  • Em certos cultivos e em certas épocas do ano, necessitam de ajuda para manter sua sanidade ou sua saúde, para isso usamos esses inseticidas.
  • O inseticida natural é atóxico aos animais e não agressiva para a maioria das plantas cultivadas.
  • Possui concentração de produtos naturais.
  • Em sua grande maioria nutre a planta e ativa seu sistema de defesa.
  • Não é tóxico ao ser humano.
  • Produção de alimentos livres de agrotóxicos.
  • Possui baixo custo e pode ser feito em casa.

 

Dano causado pela ferrugem da soja.

 

Como manipular corretamente o inseticida natural?

Embora seja produzido com elementos naturais, estes inseticidas também devem ser utilizados com precauções, por isso tenha cuidado no preparo e aplicação.

Dentre os cuidados que o produtor rural deve tomar estão, evitar o contato com a pele, utilizando medidas de prevenção e vestimenta adequada, evitar a ingestão e inalação dos vapores.

Quanto aos recipientes utilizados na preparação devem ser utilizados unicamente para este fim.

Após a manipulação ou em caso de contato com a pele, lavar com água corrente em abundância e por fim, evitar o consumo de produtos colhidos antes de cinco dias após a última aplicação.

 

Uso de EPI na aplicação de inseticida natural

 

Outras formas de controle naturais de pragas

Além do uso de caldas, há outras formas naturais de se combater a infestação de insetos na sua lavoura de maneira natural, são as principais maneiras:

controle biológico: É um fenômeno natural entre organismos vivos que formam cadeias de relações complexas entre vegetais (produtores) e as diversas castas de animais (consumidores).

Este controle resulta em equilíbrio de populações e em comunidades estáveis, sendo realizado principalmente pela joaninha.

Controle manual: Para matar alguns insetos, pode ser feita a eliminação manualmente com ajuda de um chumaço de algodão embebido em uma mistura de água e álcool ou vinagre, em partes iguais.

Esse controle pode ser realizado semanalmente, sempre que monitorado e tenha necessidade.

 

Tudo o que você precisa saber sobre a mosca branca (Bemisia tabaci)

 

Uso de armadilhas: As armadilhas com feromônio podem ser usadas para detecção, monitoramento, confusão e coleta massal das pragas agrícolas.

Na detecção o objetivo é atrair os insetos para um ponto, no qual ele será identificado e até mesmo podendo ser controlado.

As armadilhas podem ser por feromônio, luz ou adesiva.

Monitoramento: A detecção é um método bastante utilizado para identificar e quantificar as pragas.

Com o monitoramento conseguimos verificar o melhor momento para entrar com o controle.

Uso da homeopatia: Sendo executados com preparados homeopáticos na forma de nosódios, que nada mais é que o bioterápico preparado com o próprio causador do dano.

Manejo Integrado de Pragas (MIP): É o conjunto de boas práticas agrícolas que implica no monitoramento da população de insetos e combina métodos e estratégias de controle, visando evitar o dano econômico.

 

Armadilha luminosa

Fonte: ISCA

 

Prevenção é ainda a melhor solução

Mesmo que se conheçam maneiras de se prevenir ataques de pragas, ainda é fácil ser surpreendido por elas.

Para os produtores que sofrem com esse problema e precisa saber como realizar o combate é necessária muita atenção.

A primeira maneira de se livrar de organismos indesejáveis na sua lavoura é com a prevenção.

Eliminando plantas fracas, cuidando do solo com cobertura morta e compostos orgânicos.

Faça rotação de culturas para quebra de ciclos do inseto, tenha diversidade de cultivos e desinfete suas ferramentas.

Esta é uma maneira de atrair inimigos naturais para sua lavoura e assim fazer o controle, como os louva-deus e as joaninhas.

Por fim, o monitoramento dos insetos e seu controle são essenciais para garantia de produtividade, o diagnóstico precoce é importante para a escolha do melhor método de manejo.

 

Pós-graduação em Manejo Integrado de Pragas

Juliana Medina