(31) 9 8720 -3111 [email protected]

A silagem de milho consiste no armazenamento da forragem, utilizada na alimentação do gado leiteiro e gado de corte. Inclusive, no Brasil, a cultura mais utilizada é o milho, por fornecer bastante energia e também proteína para os rebanhos. Neste artigo iremos abordar tudo que precisa saber sobre a produção de silagem de milho por hectare. Quer ficar por dentro?

 

produção de Silagem de milho por hectare!

 

O milho representa uma das principais espécies de forrageiras utilizadas para ensilagem devido ao ótimo valor nutritivo, elevado teor de açúcar solúvel e, principalmente, elevada produtividade.

Observar seu rebanho vistoso, bem nutrido, hidratado e saber que estão plenamente saudáveis é muito prazeroso, não é mesmo?

Mas para isso, temos que saber a produção de silagem por hectares, afinal quando se trata de quantidade precisamos se ter cautela para não perder na produtividade.

Neste artigo iremos abordar tudo que você produtor precisa saber sobre essa produção por hectare.

 

Pós-Graduação em Gestão e Economia do Agronegócio

 

Por que se faz silagem de milho?

A resposta a essa pergunta engloba cinco motivos principais:

  • Alta produção de massa por hectare, o que viabiliza até pequenos produtores a utilizarem silagem de milho;
  • Alta qualidade nutricional. Existem outras culturas que fornecem uma massa muito alta também, mas o milho, além disso, possui também uma qualidade nutricional muito elevada que permite uma alta produção de leite.
  • “Fácil” manejo de cultura, de forma que tanto produtores iniciantes como os mais experientes conseguem produzir bem.
  • Facilidade de fazer a ensilagem. Com poucos recursos e poucos equipamentos, e com baixo custo, é possível fazer essa forragem conservada.
  • Baixo custo por quilo de matéria seca em comparação a outros alimentos. Apesar de exigir um alto investimento por hectare, o custo acaba sendo bastante interessante devido à alta produção.

 

Afinal, o que é a Silagem de milho?

A silagem é uma prática para armazenamento da forragem. Esse processo garante que a perda nutricional da forragem seja pequena, e permite com que o alimento seja armazenado por um longo período, graças a uma fermentação controlada durante o processo.

 

Silagem de milho

(Fonte: MilkPoint, 2020)

 

Nem sempre o pasto está em condições de alimentar todo o gado da fazenda, e a nutrição adequada é um dos pontos mais importantes para produção pecuária, seja na pecuária leiteira ou na pecuária de corte.

O produtor tem muitas opções na hora de escolher como a silagem será produzida. Dependendo do tamanho da produção e da demanda de forragem, alguns tipos de silagem podem ser melhores.

São três os principais:

  • Silagem em Trincheiras
  • Silagem de Superfície
  • E a Silagem em bolsas

 

Silagem em Trincheiras

Sem dúvida é o tipo de silo mais utilizado no Brasil para conservação de silagens de milho planta inteira.  Veja abaixo as características do silo trincheira 

  • tem forma trapezoidal;
  • base menor ao fundo do silo;
  • largura do topo tem, no mínimo, 0.5 m a mais que a largura do fundo;
  • inclinação deve ser de 25%;
  • altura ou profundidade deve ter entre 1,5m a 3,0m;
  • tem baixo custo de produção.

 

Silagem em Trincheiras

(Fonte: Boi Saúde)

 

Esse tipo de silo, possibilita boa taxa de compactação (acima dos 650 kg/m³), menor gasto de lona por tonelada de silagem armazenada e um baixo custo de construção da trincheira quando feita apenas de terra.

Como calcular as dimensões do silo trincheira?

  • Área da face do silo = Gasto diário (1500 kg) ÷ fatia de corte (250 kg/m²) = 6 m²
  • Altura do silo = área da face do silo (6 m²) ÷ Largura do silo (4 m) = 1,5 m

Não recomendamos fazer paredes laterais inclinadas, a menos que ocorra possibilidade de desmoronamento.

O comprimento do silo vai depender da quantidade de silagem a ser armazenada, das condições topográficas do terreno e da densidade da silagem (Utilize 650 kg/m³ para realizar cálculos).

Devemos possuir no momento da ensilagem peso de máquinas compactando equivalente a 40% da quantidade de milho picado que chega no silo por hora para termos uma excelente compactação.

 

Checklist agrícola

 

A Silagem de Superfície

Na impossibilidade em se construir trincheiras para o armazenamento da silagem o produtor pode usar silos do tipo superfície. Os silos superfície, praticamente não envolvem custo com estrutura.

No silo superfície, o material é depositado e compactado acima do plano do terreno. Nesse tipo de silo, devemos estar atentos para manter a relação largura: altura de 3 pra 1. Isso significa que a cada 3 metros de largura o silo deve ter 1 metro de altura.

 

Silo Superfície

(Fonte: Fundação Roge)

 

Nos silos superfície, o gasto de lona por tonelada de silagem armazenada geralmente é maior quando comparado com silos trincheira. Esse maior gasto de lona é devido a menor densidade da silagem e a maior área a ser coberta.

 

Silagem em Bolsa

A escolha do tamanho da embutidora e da bolsa (6 ,9, 12 pés ou qualquer outra largura), deve partir da demanda diária de silagem necessária para tratar os animais.

Essa avaliação é fundamental para garantirmos um correto manejo do painel. Precisamos manter uma fatia de corte de pelo menos 30 cm/dia ou 250 kg/m² de painel no caso de silagem de milho planta inteira. Para grão úmido, retirar pelo menos 15 cm/dia de fatia de corte.

A densidade de uma silagem de milho planta inteira bem compactada, oscila entre 500 e 600 kg/m³ e de grãos úmidos entre 1000 e 1200 kg/m³ em silos tipo bolsa. Do ponto de vista de qualidade higiênica e de fermentação, os silos tipo bolsa são muito eficientes.

 

Silagem em Bolsa

(Fonte: Rural Pecuária)

 

O revestimento total da massa ensilada pela lona, evita o contato com a terra, melhorando o perfil de fermentação e diminuindo a chance de contaminação por microrganismos indesejáveis como os clostrídios, que estão presentes no solo.

 

Qual a maior produção de milho por hectare?

Tomando como base os dados presentes no sétimo levantamento realizado na safra 2018/19. Podemos responder a essa questão quanto a produtividade do milho considerando as safras e macrorregiões do Brasil.

Dessa forma falaremos inicialmente de como é o cenário dos melhores índices da produção de milho no Brasil na primeira safra.

Onde as regiões sul e centro-oeste se destacam atingindo 7,57 e 8,10 kg/ha de produtividade, índices maiores do que a média do país (5,27), no momento em questão.

Contudo, tais índices de produtividade não refletem necessariamente nesse momento de primeira safra em uma produção elevada, a qual atingiu 25,87 mil toneladas de milho.

 

Mapa da distribuição da produção total de milho no Brasil safra 2018/19

Mapa da distribuição da produção total de milho no Brasil safra 2018

(Fonte: Conab)

 

Já quando analisamos os mesmos parâmetros só que dessa vez para o milho produzido de segunda safra, podemos constatar o seguinte cenário produtivo.

O centro-oeste e sul ainda seguem com os maiores índices de produtividade com 5,93 e 5,71 kg/ha, respectivamente.

E que apesar de serem valores menores de produtividade em comparação com os índices vistos para a primeira safra. A produção total de milho acaba sendo maior atingindo 68,13 mil toneladas de milho.

Esse fator se justifica também devido ao fato do milho de segunda safra ser plantado em uma área total de 12,23 mil/ha, praticamente três vezes mais da área planta na primeira safra.

 

Solos no brasil

 

Qual o custo de milho silagem por hectare?

O custo total da silagem por hectare gira em torno de R$ 5.000 a R$ 6.500, incluindo gastos com insumos; preparo do solo; plantio; tratos culturais; colheita e ensilagem; depreciação e outros.

Porém, esse valor é maior ou menor dependendo da região e nível de tecnologia empregada. Por isso, é importante que o produtor tenha seus custos na palma da mão para obter o máximo de rentabilidade.

A média de produção do milho para silagem é de 30 a 40 toneladas de matéria seca por hectare.

Além do total produzido, é muito importante que o processo de ensilagem seja feito de forma a manter a qualidade do alimento para compensar o investimento feito.

 

Qual a Quantidade de silagem para o gado?

  • Vacas Leiteiras: até 20 kg/cabeça ao dia ou cerca de 3% do peso vivo;
  • Vacas Secas:9 a 15 kg, por cabeça ao dia;
  • Touros:1,5% do peso vivo;
  • Bezerros e novilhas:5 a 6 kg ao dia;
  • Gado em engorda: em torno de 3% do peso vivo.

 

Planejamento e Cuidados

Mas é importante ter um bom planejamento para saber quanto lucraria caso investisse o dinheiro em outro segmento.

É muito importante ter sempre o dinheiro necessário para renovação de estrutura, maquinário e implementos que são a base para uma boa produção

Além disso, é preciso considerar que podem ocorrer perdas de 10% a 30% devido ao processo de fermentação ou a práticas de manejo inadequadas.

 

Conclusão

O milho silagem é uma importante estratégia para alimentação de bovinos em regiões com períodos de baixa produtividade de pastagens ou como complemento alimentar.

Porém, é de suma importância que o produtor tenha um bom planejamento e cuidados para produção de silagem de milho por hectare.

Espero que esse artigo tenha colaborado, se você gostou desse conteúdo e te ajudou e esclareceu suas dúvidas. Comente e compartilhe em suas redes sociais!

Pós-Graduação em Gestão e Economia do Agronegócio

 

Michelly Moraes