(31) 9 8720 -3111 contato@agropos.com.br

A biodiversidade brasileira é assunto abordado no mundo inteiro, devido a sua riqueza de fauna e flora.

Para sua preservação e manutenção, se faz necessário ações do poder público para orientar, legislar e fiscalizar sobre o meio ambiente e como homem interfere nesse meio.

Por isso é preciso que haja um movimento de conscientização de toda a sociedade para que toda nossa riqueza de fauna e flora seja preservada e cada vez mais apreciada pelo mundo.

Vamos conhecer um pouco mais sobre o assunto?

 

A biodiversidade brasileira e a importância da sua preservação!

Fonte: PROBIO

 

 

O Brasil de riquezas

O Brasil, devido a sua dimensão continental apresenta uma variação muito grande vida. O que implica em diferentes ecossistemas, colocando em destaque a biodiversidade brasileira.  Onde é considerada com maior biodiversidade do mundo.

Estimativas da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) apontam que nosso país detém 20% da biodiversidade do planeta e 30% das florestas tropicais.

Nesse contexto, a biodiversidade brasileira é caracterizada através dos biomas que demarca e distingue uma região de outra, através dos tipos de vegetação e seus organismos vivos.

Além disso, os distintos biomas e condições favoráveis de clima e solo, a vasta flora do Brasil, tantas espécies conhecidas e que ainda não foram identificadas nos faz entender que a nossa biodiversidade é algo que ainda há muito o que se estudar.

 

 

Florestas plantadas e a conservação da biodiversidade brasileira

A indústria nacional de florestas plantadas tem dado importantes demonstrações de seu comprometimento para que o Brasil siga liderando esse ranking. Dedicando recursos a pesquisas que envolvam o levantamento, monitoramento e manejo da fauna e fitossociologia, restauração da flora e gestão da paisagem.

O setor está atento a estes dados valiosos e buscam conservar a natureza e suas riquezas.

Uma vez que, estudos desenvolvidos por empresas do setor traz dados relevantes, havendo muitas razões para se comemorar que mais da metade das espécies registradas no Brasil foram encontradas nos registros das empresas florestais.

Os indicadores apontaram ainda para a existência de 161 espécies de anfíbios, 174 répteis, 241 mamíferos e uma rica flora de mais de 1570 espécies.

Além de suprir a demanda por produtos madeireiros, o setor florestal atua também na recomposição dos biomas, na implantação e manejo adequado de APPs e áreas de RL.

Vamos agora conhecer um pouco mais sobre os biomas brasileiros, confira!

 webinar produtos madeireiros e não madeireiros

 

Biomas brasileiros e sua biodiversidade

 

O Brasil é formado por uma fauna e flora muito diversificada e para melhor conhecimento sobre toda essa biodiversidade, de acordo com suas diferentes características e composições temos o que denominamos de biomas.

 Cada um desses ambientes abriga uma diversidade enorme de vegetação e de fauna.

 

Biodiversidade brasileira - Biomas

 

A biodiversidade presente nesses biomas está diretamente relacionada com a manutenção esse meio ambiente equilibrado do ponto de vista ecológico.

Para alcançar este objetivo, além da organização do poder público para orientar, legislar e fiscalizar as ações que possam impactar o meio ambiente, é preciso que haja um movimento de conscientização de toda a sociedade.

Nesse sentido, um trabalho interessante, é o das unidades de conservação que temos distribuídas por todo país. Essas são áreas, com características naturais relevantes, criadas e protegidas pelo poder público com objetivos de conservação, podendo ser na esfera municipal, estadual e federal.

 

Guia pós graduação gestão ambiental

 

Porém, é comum vermos espécies da fauna e flora exóticas invasoras em nossos biomas. Elas levam essa denominação por não serem próprias da área, como vimos acima sobre a abordagem das florestas plantadas, onde, muitas das vezes utilizam de espécies exóticas para esse povoamento arbóreo.

Vejamos a seguir a caracterização de cada bioma e como eles contribuem com a biodiversidade brasileira.

 

Bioma Mata Atlântica

A Floresta da Mata Atlântica é reconhecida como uma floresta tropical. Que se encontra associada aos ecossistemas costeiros de mangues, restingas e às florestas com Araucária no planalto do Paraná, Santa Catarina e do Rio Grande do Sul.

Por isso, o bioma Mata Atlântica é formado por um mosaico de ecossistemas. Com estruturas e composições bastante diferenciadas, acompanhando a diversidade dos solos, relevos e características climáticas.

Uma característica comum em toda sua vasta extensão é a exposição aos ventos úmidos que sopram do Oceano Atlântico.

Como a formação florestal é marcada por sua fisionomia alta e densa, com estratificação vertical, geralmente a vegetação dos estratos inferiores vive em um ambiente úmido e menos iluminado.

Entretanto, essa cobertura florestal que abrangia uma área superior a 1.360 milhões km², encontra-se reduzida a menos de 8% de sua área original e, ainda assim, tem apenas 0,69% de áreas especialmente protegidas.

Este bioma abriga a grande maioria dos animais e plantas ameaçados de extinção do Brasil e apresenta um grande número de espécies endêmicas.

 

Biodiversidade brasileira - Bioma mata atlântica

 

 

Bioma Caatinga

O bioma Caatinga, que na língua indígena tupi-guarani quer dizer “Mata Branca”, está localizado na Região Nordeste brasileira. Correspondendo a parte da superfície dos Estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e Minas Gerais.

Segundo apontamentos feitos no Seminários Biodiversidade da Caatinga, a área aproximada do bioma abrange cerca de 735 mil km² (10% do território brasileiro) é o único totalmente brasileiro, sendo um dos biomas mais degradados pelo homem.

A expressão bioma Caatinga é um termo abrangente para caracterização das diversas fisionomias da região semi-árida do Nordeste brasileiro, porém ainda é pouco conhecido apesar de ser mais diversa em espécies endêmicas.

 

Biodiversidade brasileira - bioma Caatinga

 

 

Bioma Cerrado

O bioma Cerrado está localizado no Planalto Central do Brasil e é o segundo maior do país em área, ocupando 24% do território nacional, superado apenas pela Floresta Amazônica.

A vegetação do bioma Cerrado apresenta formações florestais (Mata ciliar, Mata de Galeria, Mata Seca e Cerradão), savânicas (Cerrado sensu strictu, Parque de Cerrado, Palmeiral e Vereda) e campestres (Campo Sujo, Campo Rupestre e Campo Limpo).

As formações florestais do Cerrado apresentam predominância de árvores e arbustos. Com formação de dossel, enquanto as formações savânicas se caracterizam pela presença dos estratos arbóreo e arbustivo-herbáceo.

 

Biodiversidade brasileira - bioma Cerrado

 

Bioma Pantanal

O Pantanal Matogrossense constitui um tipo de ambiente de transição que liga o Cerrado, no Brasil Central, o Chaco, na Bolívia, e a Região Amazônica, ao norte, correspondendo, aproximadamente, à Bacia do Alto Paraguai.

No planalto e nas terras altas da bacia, predominam formações vegetais abertas. Tais como campos limpos, campos sujos, cerrados e cerradões, vinculados, principalmente, ao tipo de solo e fatores climáticos.

 

Guia aluno de Pós-Graduação

 

Encontram-se também, florestas úmidas, como extensão ou contato com o ecossistema amazônico.

A planície inundável que forma o Pantanal propriamente dito constitui uma das áreas úmidas de maior importância na América do Sul.

Esses ambientes, que atuam como grandes reservatórios de água, apresentam regime de inundação periódica, que determina uma alta produtividade biológica e grande diversidade de fauna.

 

Biodiversidade brasileira - bioma pantanal

 

 

Bioma Amazônia

A Amazônia possui 4,2 milhões de Km². É reconhecida nacional e internacional por sua rica biodiversidade.

Com a posição de maior floresta tropical remanescente do mundo, representando cerca de 40% das florestas tropicais do planeta.

Em termos de abrangência territorial, ultrapassa as fronteiras brasileiras, envolvendo países vizinhos como Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Guiana Francesa, Peru, Suriname e Venezuela.

Apenas no território brasileiro, abrange os Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Maranhão, Tocantins e Mato Grosso.

Estudos revelam que esse bioma existe, mais de 600 tipos e habitat, tanto terrestre como de água doce.

 

Biodiversidade brasileira - bioma Amazônia

 

 

Bioma Pampa

Os Campos da Região Sul do Brasil são denominados como “pampa”, termo de origem indígena para “região plana”.

O bioma pampa também conhecido como Campos do Sul ou Campos Sulinos, existe no Brasil, apenas no estado do Rio Grande do Sul, ocupando 63% do território gaúcho. Está presente também em territórios da Argentina e Uruguai.

 

Biodiversidade brasileira - bioma pampa

 

Bioma Costeiro

Por último, o bioma costeiro, ele é formado por vários ecossistemas que compõem o litoral brasileiro.

São eles, manguezais, restingas, dunas, praias, ilhas, costões rochosos, baías, brejos e recifes de corais, entre outros.

Dessa forma, por abranger toda a costa brasileira, há uma variação nas suas características muito grande, uma vez que, espécies de animais, vegetais e os aspectos físicos são diferentes em cada um de seus ecossistemas.

 

Biodiversidade brasileira - bioma Costeiro

 

 

Conservação da biodiversidade: dever de todos

Vimos nesse artigo como a biodiversidade brasileira é ampla e como cada bioma participa de um todo orquestrado pela fauna e flora que o compõe.

Pós-graduação em licenciamento e gestão ambiental

Muitas das nossa atitudes contribuem para a manutenção da biodiversidade, como o mal uso dos recursos naturais podem degradar meio ambiente extinguindo vidas, cada vez mais raras. Somos todos corresponsáveis!

Por isso a importância sobre a abordagem do assunto e te convido a conhecer mais, ler mais. Já imaginou você conhecendo mais de mil espécies de arvores e animais da nossa flora e fauna? Fique rico de conhecimento, assim como é rica a nossa biodiversidade.

Escrito por Juliana Medina.

Juliana Medina
ligamos para você AgroPós