(31) 9 8720 -3111 [email protected]

A adubação é uma das partes mais importantes no cultivo de qualquer tipo de planta, afinal é ela quem fornecerá os nutrientes quem faltam para que as plantas possam crescer. A ureia agrícola é utilizada como um forte fertilizante com a capacidade de atingir um número grande de plantas. Confira, neste post sobre a ureia na adubação, mais informações sobre esse fertilizante.

Acompanhe!

 

Ureia Adubação

 

ureia se destaca como um dos fertilizantes nitrogenados mais utilizados, no entanto, a aplicação no solo sem os devidos cuidados pode promover altas perdas por volatilização, na cultura do café essa perda pode chegar até 30%.

Este adubo está presente principalmente nas agriculturas profissionais por ser barato e de utilização bastante prática.

Canteiros paisagísticos, jardins projetados, entre outros projetos verdes também facilmente contarão com a ajuda deste adubo super eficiente. Neste post vamos abordar tudo que você agricultor precisa saber sobre esse adubo.

 

https://agropos.com.br/pos-graduacao-solos-e-nutricao-de-plantas/

 

Afinal, o que e ureia?

A ureia é um famoso fertilizante sólido muito utilizado para realizar a adubação de plantas em uma maior quantidade e, além disso, com maior eficácia.

 

Ureia

 

Geralmente, possuem a forma de pequenos grãos brancos, que contém na composição aproximadamente 20 a 40% de Nitrogênio. Logo, é o fertilizante sólido com maior nível de concentração da substância, o que faz com que seja muito eficaz para as plantas.

O Nitrogênio é uma peça importante pois quando as plantas possuem pequena quantidade desse elemento acabam perdendo parte do seu vigor. E isso fica perceptível através de sua aparência.

 

Ausência de Nitrogênio nas plantas

Quando o Nitrogênio está em falta inicia-se o amarelamento das folhas, diminuição do crescimento da parte aérea e das raízes, diminuição do tamanho dos frutos e uma significativa redução da produção.

É aí que entra a ureia, utilizada como repositor de Nitrogênio, para que a planta possa recuperar a vitalidade e continuar o processo de desenvolvimento de maneira saudável.

A ureia é considerada um fertilizante nitrogenado. Ou seja, que fornece um tipo de Nitrogênio assimilável pelas plantas.

 

Ausência de Nitrogênio nas plantas

(Fonte: Terral, 2016)

 

Como o nitrogênio é absorvido pelas plantas?

O nitrogênio é um nutriente móvel no solo, por isso o contato do íon com as raízes das plantas ocorre principalmente por fluxo de massa, ou seja, é arrastado junto com o movimento da solução do solo para a região próxima das raízes, onde fica disponível para a absorção.

Para ser absorvido pelas raízes, entretanto, o nitrogênio precisa estar na forma de nitrato (NO3) ou de amônio (NH4+).

A forma predominante que a planta absorve, em condições naturais é a do nitrato (NO3), devido ao processo de nitrificação no solo.

Entretanto, a disponibilidade do nitrogênio na solução do solo depende do pH do solo. A disponibilidade máxima de nitrogênio ocorre na faixa de pH 6 a 7

 

Nitrogênio é absorvido pelas plantas

Figura: www.ruralcentro.com.br

 

Como a maioria dos solos do território brasileiro, principalmente os da região Centro-Oeste, possuem problemas de acidez, a calagem e o controle do pH dos solos possuem grande importância para a absorção de nutrientes.

Um estudo realizado pela Embrapa descobriu que em solos ácidos (com pH menor que 4,5) as plantas absorvem apenas 20% do nitrogênio disponibilizado pelo fertilizante. Já em solos com pH acima de 6,0 o aproveitamento do fertilizante nitrogenado é 100%.

 

Nutrição Mineral de Plantas Macronutrientes.

 

Quais os benefícios da ureia na adubação?

São inúmeros os benefícios que uma fonte de nitrogênio pode ocasionar a uma cultura. Entre eles, destacam-se os seguintes:

 

Revitalização das plantas

Quem lida com plantas sabe que quando suas folhas amarelam e caem, seus frutos também vão sofrer algum baque. Isso pode impactar diretamente a produção, afetando a qualidade do produto e a credibilidade do produtor.

Entretanto, um adubo rico em nitrogênio, como a ureia é capaz de fornecer a quantidade certa do nutriente para que a planta recupere todo o seu esplendor e vitalidade.

 

Eficiência nas pastagens

Quando se compara a relação da eficiência da adubação com ureia com a do nitrato, nota-se que ela aumenta com a quantidade de N aplicada, sendo em média de 77%.

Analisando essa relação somente para a dosagem de 50 kg de N, que é a mais comum de ser usada, conclui-se que ao longo dos cortes a ureia tem uma resposta na produção de MS de somente 67%, isso prejudicado pelo primeiro corte, no qual a eficiência comparativa com o nitrato foi de apenas 23%.

 

Menores perdas

A ureia contém exatamente 44% de nitrogênio em sua composição, enquanto outros fertilizantes, como o sulfato de amônio, contém cerca de 20%.

Isso significa que, ainda que haja uma perda de 50% do nitrogênio contido em uma saca de ureia, mesmo assim a quantidade aplicada vai sobrepor a uma eventual aplicação da saca de sulfato de amônio.

 

 

Quantidades corretas de utilização para cada ambiente

 

Hortas e gramados

Para as hortas e gramados, é preciso usar por volta de uma colher de sopa por cada m², o que gera aproximadamente 15 gramas de ureia por metro quadrado. A mesma deve ser bem espalhada a fim de agir de forma uniforme no solo.

 

Árvores

Caso a aplicação seja destinada para uma árvore, é possível aumentar a dose para 1 até 5 colheres de sopa. Dessa forma, é necessário aplicar em volta da coroa para que ela tenha o melhor efeito possível.

Uma dica é misturar a ureia na água usada para regar as plantas, porém, é importante lembrar que nesse caso a quantidade é pequena, sendo mais ou menos uma colher de sopa para cada 10 litros de água.

Vasos

Para vasos, é mais difícil saber em específico qual a quantidade exata, pois varia muito em relação ao tamanho do vaso e da espécie da planta.

De qualquer forma, é sempre melhor colocar uma quantidade mais baixa. Ao colocar uma quantidade exagerada, corre-se o risco de queimar a planta e obter o efeito inverso ao que se tinha em mente.

 

Cuidados durante a aplicação

É de suma importância ter alguns cuidados no momento de se utilizar a ureia, a fim de evitar danos à saúde. Logo, existem algumas recomendações para a utilização da ureia na adubação. Tais como:

  • Não fumar, beber ou se alimentar durante a aplicação da ureia;
  • Não aspirar a poeira que sai do produto, pois contém amônia e pode causar danos a saúde;
  • Evitar o contato com os olhos e a com a pele;
  • Estar sempre equipado com luvas e máscaras apropriadas para a aplicação;
  • Nunca aplicar o produto em locais que não possuem boa ventilação.

 

Cuidados na aplicação da ureia

 

Esses cuidados já são uma ótima forma de reduzir o risco que a ureia traz consigo.

Além disso, todos esses cuidados fazem também com que a pessoa que está utilizando a ureia, consiga se proteger de forma mais efetiva, podendo evitar assim, doenças como a dermatite, irritação ocular, entre outras.

 

Conclusão

Como dito acima o nitrogênio é um dos principais responsáveis pelo crescimento da planta é o nitrogênio.  Devido a isto, a aplicação da ureia agrícola vai acelerar consideravelmente o crescimento da planta que você vai aplicar.

Neste post mostramos alguns cuidados nessa aplicação. A partir dessas informações, você pode colocar em pratica o que aprendeu com esse artigo.

Gostou de saber mais sobre o assunto?  Deixe seu comentário e acompanhe nosso blog e fique por dentro dos próximos artigo.

 

Pós-Graduação em Solos e Nutrição de Plantas

Michelly Moraes