(31) 9 8720 -3111 contato@agropos.com.br

Acelino integra a ABC desde dezembro de 2017, mas a cerimônia de posse aconteceu no último dia 09.

Imagem: Cristina Lacerda/ABC

Acelino Couto Alfenas é um dos 19 membros recém-empossados na Academia Brasileira de Ciências (ABC). A cerimônia de diplomação aconteceu no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, na última quarta-feira (09). O título de Membro Titular destinado a Acelino é vitalício e concedido a cientistas brasileiros ou estrangeiros, radicados no Brasil há mais de dez anos, com destacada atuação científica e tecnológica no país.

Acelino passou a integrar a ABC em 06 dezembro de 2017, na área de Ciências Agrárias, após eleição realizada por uma Comissão de Seleção da Academia. O novo membro da ABC é Engenheiro Florestal, mestre em Fitopatologia pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), Ph.D. em Patologia Florestal pela Universidade de Toronto, no Canadá, professor e pesquisador do Departamento de Fitopatologia da UFV e da Clonar/AgroPós, além de sócio-fundador da Clonar Resistência a Doenças Florestais, empresa graduada na Incubadora de Empresas de Base Tecnológica, do Centro Tecnológico de Desenvolvimento Regional de Viçosa (CenTev/UFV).
—–
Videoaula gratuita: Diagnose de Doenças Florestais – Prof. Acelino Alfenas (UFV)
—–
No currículo do professor constam a coordenação e o desenvolvimento de mais de 140 projetos de pesquisa, a publicação de mais de 260 artigos científicos em periódicos de alto impacto, 12 livros e 44 capítulos de livros, além de 25 trabalhos completos e 570 resumos publicados em anais de congressos. Além disso, já orientou mais de 80 dissertações de mestrado, 48 teses de doutorado, 54 trabalhos de conclusão de curso de graduação e 76 na categoria iniciação científica. Desde 1999 é bolsista de produtividade em pesquisa nível 1A do CNPq. Em 2004, recebeu o Diploma de Mérito Florestal, do Instituto Estadual de Florestas (IEF), e a Medalha de Ouro Peter Henry Rolfs do Mérito em Pesquisa, concedida pela UFV.

Imagem: Cristina Lacerda/ABC

A cerimônia de posse no Rio de Janeiro contou com a presença do  presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Ildeu Moreira, da presidente do Conselho Nacional das Fundações de Amparo à Pesquisa (Confap), Zaira Turchi, do Almirante de Esquadra Bento, diretor-geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, do presidente da ABC, Luiz Davidovich, do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, do presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Mário Neto Borges, do presidente do Conselho Curador da FCW, Jorge Cardoso e do secretário-adjunto de C&T-RJ, Augusto Raupp. Além de seus familiares, também estiveram presentes a reitora da UFV, Nilda de Fátima Ferreira Soares, e os professores da UFV Eraldo Rodrigues de Lima e Arne Janssen. O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig), Evaldo Ferreira Vilela, também participou.
—–
eBook: As Principais Doenças Bióticas da Eucalitpocultura no Brasil
—–
“Estou muito feliz, pois este foi um reconhecimento da comunidade científica brasileira. Ou seja, com esforço e dedicação consegui fazer diferença em minha área de atuação profissional”, disse o professor Acelino, que considera “a aplicação do conhecimento científico para a solução de problemas práticos e a formação de recursos humanos qualificados e preparados para o mercado” como o diferencial em seus trabalhos ao longo dos mais de 40 anos de profissão. “Sou eternamente grato aos meus orientados, funcionários, colegas brasileiros e estrangeiros, ao meu departamento, à UFV, às agências de fomento à pesquisa (CNPq, Fapemig, Finep e Vale) e, particularmente, aos meus familiares”, completou.

“Para o setor florestal a indicação do Professor Acelino representa um destaque, único para o setor, até onde eu sei, e reflete a qualidade das atividades do próprio setor, que requer informações refinadas, com alta qualidade e grande profundidade, características que estão presentes nas pesquisas conduzidas pelo Professor Acelino. Para a Engenharia Florestal, ter um de seus profissionais indicado para a Academia, é motivo de grande orgulho e reflete a qualidade dos profissionais que estão sendo formados no Brasil, em especial pela UFV”, comentou o professor aposentado da UFV e colega, Nairam Félix de Barros

A ABC foi fundada em 1916 e é uma entidade independente, não governamental, sem fins lucrativos, que tem como foco o desenvolvimento científico do país. Sua missão é contribuir no estudo de temas importantes para a sociedade que possam subsidiar cientificamente a formulação de políticas públicas.

Outros membros

Foram empossados os seguintes pesquisadores nas suas respectivas áreas de atuação:
• Ciências Matemáticas: Jose Felipe Linares Ramirez (IMPA);
• Ciências Físicas: Antonio Gomes de Souza Filho (UFC) e José Renan de Medeiros (UFRN);
• Ciências Químicas: Antonio Salvio Mangrich (UFPR) e Roberto Manuel Torresi (USP);
• Ciências Biológicas: Alicia Juliana Kowaltowski (USP) e Philip Martin Fearnside (INPA);
• Ciências Biomédicas: Amilcar Tanuri (UFRJ) e Célia Regina da Silva Garcia (USP);
• Ciências da Saúde: Celina Maria Turchi Martelli (Fiocruz-PE);
• Ciências da Terra: Dilce de Fátima Rossetti (INPE) e Milton José Porsani (UFBA);
• Ciências Sociais: Eduardo Luiz Gonçalves Rios Neto (UFMG);
• Ciências da Engenharia: Paulo Sergio Ramirez Diniz (UFRJ) e Romildo Dias Toledo Filho (UFRJ).

Os novos Membros Correspondentes são Christian André Amatore (CNRS – França), das Ciências Químicas; Christopher Michael Wood (UBC – Canadá), da área de Ciências Biológicas e Jeremy Nichol McNeil (Western University, Canadá), na área de Ciências Agrárias.

O novo Membro Institucional da ABC é o Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR), uma instituição sem fins lucrativos que tem por objetivo promover o avanço científico e tecnológico na área de saúde, com responsabilidade social.

UFV na ABC

Da UFV, além do professor Acelino, atualmente também fazem parte como Membros Titulares da Academia, o Prof. Evaldo Vilela do Departamento de Entomologia e a Profa. Elizabeth Fontes do Departamento de Bioquímica. O professor Adriano Nunes Nesi, do Departamento de Biologia Vegetal da UFV, é Membro Afiliado da ABC para o período 2015-2019.

Mateus Dias | Comunicação AgroPós

ligamos para você AgroPós