(31) 9 8720 -3111 contato@agropos.com.br

A agricultura vertical pode ser a solução para aumentar a produtividade, ao ponto em que ajuda a combater a questão da porcentagem decrescente de terras aráveis, que é um dos maiores desafios enfrentados pela agricultura em todo o mundo. A agricultura vertical é a prática de cultivar culturas em camadas empilhadas verticalmente em um ambiente controlado, onde um ambiente natural é modificado para aumentar o rendimento da colheita.

No layout físico, as plantas são empilhadas verticalmente em uma estrutura semelhante a uma torre. Dessa forma, podemos minimizar a área necessária para o cultivo de plantas. Outro aspecto que altera o cenário natural é o uso de luzes artificiais, é necessária uma combinação de luzes naturais e artificiais para manter um ambiente perfeito para um crescimento eficiente das plantas. O terceiro aspecto é o meio de crescimento para as plantas

Em vez de solo, meios de cultivo aeropônico, hidropônico ou aquapônico são usados. O quarto aspecto que torna a agricultura vertical muito mais benéfica é o fator de sustentabilidade que ela oferece. A agricultura vertical é sustentável, pois requer 95% menos água em comparação com outros métodos agrícolas.

Uma das maiores vantagens da agricultura vertical é que ela permite que os agricultores cultivem plantas em ambientes internos. Muitos agricultores não têm terras aráveis, portanto, para eles, a agricultura vertical é uma solução.

Outra é que ela permite que os agricultores cultivem mais plantas em áreas menores. Como a agricultura vertical nos permite cultivar plantas em uma estrutura semelhante a uma torre, o cultivo de uma área de 1 hectare pode chegar a 4 a 5 acres, dessa maneira você pode plantar mais culturas do que em qualquer outra fazenda.

Fonte: Agrolink

Leia também:
-> Pesquisadores da UFV descobrem mecanismo inédito de resistência entre vírus e bactérias que pode combater pragas na agricultura
->A importância do Melhoramento de Plantas

ligamos para você AgroPós