fbpx
(31) 9 8720 -3111 [email protected]

TECNOLOGIA DA PRODUÇÃO DE PAPEL

Matrículas Abertas

Início das aulas: Outubro/2021

TECNOLOGIA DA PRODUÇÃO DE PAPEL

Sobre o Curso

A Pós-Graduação em Tecnologia de Produção de Papel tendo o curso caráter essencialmente prático-profissional; além de possibilitar a qualificação profissional na área florestal e visa formar profissionais com conhecimento técnico-científico nessa área de estudo, desenvolvendo a capacidade de gerenciamento, pesquisa, solução de problemas e tomada de decisões, buscando inovação tecnológica e a preservação ambiental é de fundamental importância tendo em vista o crescimento do setor nos últimos anos.

O profissional especializado na produção de Papel tem como função planejar, executar, controlar e avaliar processos relativos à fabricação de papel; realiza estudos, ensaios e experimentos sobre a matéria-prima e a transformação físico-química de materiais destinados a essa fabricação, além de supervisionar as operações de transformação química dos materiais empregados nesse setor produtivo, considerando o controle de resíduos poluentes, o gerenciamento dos custos e a qualidade do processo. O setor está entre os maiores clientes da indústria química, por consumir anualmente milhões de toneladas de seus produtos.

Objetivo Geral

  • A Pós-graduação em Tecnologia de Produção de Papel tem o objetivo de promover o aprendizado, atualização do conhecimento e desenvolver as habilidades na aplicação dos procedimentos de Tecnologia de Produção de Papel, formando profissionais com conhecimento técnico-cientifico e desenvolvendo a capacidade de gerenciamento, pesquisa, solução de problemas e tomada de decisões, buscando inovação tecnológica e a preservação ambiental.

Disciplinas do Curso 

1. Química da Madeira

Ultraestrutura da parede celular. Composição química da madeira. Distribuição dos componentes dentro da parede celular. Biossíntese dos carboidratos e lignina da madeira. Química da celulose, lignina, hemicelulose e extrativos. Constituição química da casca. Aspectos gerais das reações da madeira em meios ácidos, alcalinos e neutros. Uso dos componentes químicos da madeira na indústria.

2. Tecnologia de Polpação

O setor de celulose e papel. Estudar as principais matérias primas fibrosas (eucalipto, pinus, bambu, capim elefante, bagaço de cana-de-açúcar) para a produção de celulose e sua composição e caracterização química. Conhecer os conceitos básicos e os princípios gerais de tecnologia de produção de celulose. Preparação de materiais lignocelulósicos para o processo de polpação. Tecnologia de extração da celulose por processos de desconstrução física, química e combinação desses dois métodos. Recuperação química do processo kraft de polpação. Separação, classificação e lavagem de materiais lignocelulósicos desconstruídos.

3. Biorefinaria e Produtos da Biomassa

Contextualização: Biomassa, biorrefinaria, bioenergia e biocombustíveis. Fontes madeireira e não-madeira. Porque investir em biorrefinarias e a demanda global por fontes energéticas. Fábricas atuais versus biorrefinarias. Biorrefinaria de biomassa lignocelulósica. Biorrefinaria integrada à indústria de celulose: desafios. Conversões termoquímicas, fermentativas e microbioanas. Principais produtos da biorrefinaria: Etanol de celulose, lignosulfonatos, syngas, entre outros. Aplicações.

4. Qualidade da Madeira

Estrutura macroscópica do tronco, crescimento do tronco, estrutura anatômica da madeira, estrutura da parede celular, composição química, elementar e estrutural da madeira, propriedades físicas da madeira, propriedades mecânicas da madeira, variabilidade da madeira, defeitos da madeira, tratamentos silviculturais, qualidade e uso da madeira e noções de amostragem e análises.

5. Tecnologia do Papel

Fundamentos tecnológicos das etapas de produção do papel. Sistemas de preparo de massa. Princípios científicos do refino da massa. Teoria da formação do papel. Princípios tecnológicos de máquinas formadoras. Sistema de prensagem. Secagem da celulose/papel. Tratamentos superficiais do papel. Considerações relevantes sobre a eficiência/produtividade em máquinas de celulose/papel.

6. Controle Ambiental

Controle Preventivo da Poluição. Produção de Celulose e Papel. Principais Poluentes gerados nos processos de produção de polpa celulósica e papel. Consumo de água e geração de efluentes. Qualidade e tratamento de efluentes. Caracterização de resíduos sólidos gerados na produção de celulose. Gerenciamento dos resíduos sólidos. Principais fontes, caracterização e controle dos poluentes atmosféricos do processo de produção de polpa celulósica.

7. Propriedade do Papel

A história e a indústria do papel. Matérias-primas fibrosas para produção de papel. As ligações interfibras na formação do papel. Estrutura do papel. Propriedades químicas e físico-mecânicas do papel. Aditivos do papel. Tipos de papel e suas aplicações.

8. Tecnologia de Branqueamento de Polpa Celulósica

Principais considerações sobre a tecnologia de branqueamento de polpa celulósica. Origem dos grupos cromóforos presentes nas polpas. Branqueamento de polpas mecânicas. Branqueamento de polpas químicas. Principais propriedades das polpas branqueadas. Equipamentos mais importantes utilizados numa planta de branqueamento. Considerações ambientais no processo de branqueamento.

Nossos Alunos Recomendam 

“Sou Engenheiro de Produção, exerço a função de operador de Painel Secagem na Suzano. Ingressei na AgroPós no curso de Tecnologia da Produção de Celulose, com intuito de aprofundar meus conhecimentos sobre a produção de Celulose e poder ter um embasamento científico sólido e estar contribuindo mais no meu posto de trabalho. O curso está me agregando uma gama de conhecimentos pois tem professores com um ótimo domínio das disciplinas além de serem dedicados e comprometidos com o aprendizado dos alunos.”

José Fredson

Engenheiro de Produção, Três Lagoas/MS

“Construí minha carreira no setor de celulose e hoje atuo na maior empresa do mundo em fornecimento de tecnologia, serviços e automação para as indústrias de celulose e papel. Na Pós-graduação em Tecnologia da Produção de Celulose da AgroPós consegui aprofundar e adquirir novos conhecimentos, destaque para o elevado nível técnico e didático dos professores que são referência na área. Minha participação no curso só foi possível devido à versatilidade das aulas online interativas, que são um diferencial da AgroPós.”

Bruno de Carvalho Gonçalves

Engenheiro Químico, Bauru/SP

Mais Informações 

COMO FUNCIONA
Aulas ao vivo 02 vezes na semana que ficam gravadas na plataforma de ensino Conteúdo permanece gravado

CARGA HORÁRIA
Carga horária: 360h | Duração: 12 meses | Aulas online 2 x na semana

FREQUÊNCIA
A frequência dos alunos não é contabilizada pelas videoaulas e sim pela realização das provas, ou seja, o aluno não é prejudicado caso não consiga assistir à aula ao vivo, podendo assisti-las da forma mais conveniente para sua rotina.

DURAÇÃO TOTAL
O curso tem duração de 12 meses, podendo ser extendido para 15 meses para os alunos que optarem por fazer o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)*.

*Você sabia que agora você pode escolher se quer, ou não, realizar o seu trabalho de conclusão de curso? Com a nova resolução CNE/CES 01 de 06/04/2018, o aluno pode optar pela não realização, pois o TCC não é obrigatório.

CERTIFICADO

Certificado emitido pelo Grupo Educacional UNIS.

PROVAS PRESENCIAIS
O curso tem 04 módulos. Ao final de cada módulo (que tem duração de 02 meses cada) é realizada uma prova presencial* por disciplina cursada no módulo.

*As provas são realizadas aos sábados. Em casos de restrições quanto a fazer a prova aos sábados (religião ou imprevistos), existe a segunda chamada que é marcada na terça-feira subsequente a realização da prova

A  AgroPós  reserva-se o direito de não oferecer o programa de ensino caso o número mínimo de alunos não seja atingido.

  • Engenheiros Agrônomos
  • Engenheiros Florestais
  • Engenheiros Agrícolas
  • Engenheiros Ambientais
  • Biólogos
  • Outros profissionais que militam na área ciências agrarias.
Corpo docente altamente qualificado com Mestrado,Doutorado ou Ph.D.
Se você é do tipo que adora um desafio, mas sabe que para concluir um curso de Pós-Graduação vai te exigir muito tempo e dedicação no TCC, nós temos uma boa notícia! Sabia que agora você pode escolher se quer, ou não, realizar o seu trabalho de conclusão de curso? Com a nova resolução CNE/CES 01 de 06/04/2018, o aluno pode optar pela não realização, pois o TCC não é obrigatório.

Mas o que diz a nova portaria do MEC?
Segundo portaria publicada no próprio site do Ministério da Educação, a portaria estabelece diretrizes e normas para a oferta dos cursos de Pós-Graduação lato sensu, denominados cursos de especialização, no âmbito do Sistema Federal de Educação Superior, conforme prevê o Art. 39, § 3º, da Lei nº 9.394/1996.

Certo, TCC não é obrigatório. Mas muda alguma coisa no diploma?
Muitas pessoas podem pensar que isso vai criar uma nova categoria de especialização, ou que a comprovação será diferente. Calma! Não se preocupe, que o fato de você decidir ou não, realizar o seu trabalho de conclusão, não vai alterar absolutamente nada.  Ao se formar, você receberá o mesmo diploma que todos os alunos da Pós-Graduação.